quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Se você ligar,

vai querer que alguém atenda. Eu fico ao lado do telefone esperando ele não tocar. Tocar. Não tocar. Esse sou eu: se não toca, eu grito, eu choro, eu pulo na frente de um caminhão com a boca ainda cheirando a vodka.
Se toca, faço pior.

2 comentários:

C. Kupo disse...

O foda de blogues é isto: quando se está uma semana já sem boas ideias, tem-se que recorrer a qualquer fraco lampejo de génio que se nos passa pela mente, malformulado, mal-acabado ainda, e soma-se a isso a pressa, quiçá os clamores de quero-mais de nossos fiéis leitores daqui e d'além-mar e donde mais seja, e o resultado é um texto sem graça, ou a bem dizer, sem inspiração, que não deixa marcas nem saudades.

Acho que por isso eu já quase abandonei meu blogue; no fundo, no fundo, tudo lá postado fora antes criado para outros fins; de texto feito on demand nunca se viu pista.

Recomendação: menos quantidade, mais qualidade. ;-)

BEIJÃO E ABRAÇOS APERTADOS,
Cerberus "Recheio de Estopa" Kupo.

Gabriel Mourão Soares disse...

Pois fique o sor saben' que eu não tenho pudor nenhum em passar mês sem postar e muito menos em postar o que não presta.