quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Morte presumida

Depois de 13 anos, tinha já casa, tinha filho. Tinha uma vida lá no Uruguai e a nova esposa não queria muito mais que o básico na mesa, que um carinho depois.

Já a antiga, no Brasil, brigava com a sogra pela casa em Ubatuba.

Um comentário:

aporocaotico disse...

hahah

A classe média é uma tragicomédia. Rá.