sexta-feira, 20 de abril de 2012

Dia 14


Ontem, vi com clareza os efeitos do vírus sobre um homem. Sua fisionomia se transformou e até seu comportamento foi afetado. Em seu trato com os colegas, parecia outro. Mais ríspido, mais agressivo. Não tardou, porém, e aqueles próximos a ele também começaram a apresentar os sintomas da doença. A afetação do humor é sempre imediata, mas ocorre de formas infinitamente variadas: há quem feche-se em reclusão, há quem se torne extrovertido e isento de qualquer freio social – como se constantemente embriagado. O efeito físico não é menos imprevisível: alguns contaminados engordam, tornando-se flácidos e preguiçosos, enquanto outros descontrolam-se, hiperativos, e dão sinais de desnutrição. Eu? Julgo-me ainda inalterado. Mas não me engano. Pergunte aos outros e verá: qualquer um deles dirá o mesmo sobre si.

2 comentários:

Regina disse...

Sounds like slavery. Where does it begin? Át. Day 2?
I hope they get free of the vírus . :)

Gabriel Mourão disse...

At day 2, yes.